• Sem categoria

    Minicurso Olimpíada Brasileira de Astronomia 2017

    Anualmente, a Sociedade Astronômica Brasileira (SAB), em parceria com a Agência Espacial Brasileira (AEB), organiza a Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica – OBA. Com a prova marcada para o dia 19/05/2017, o grupo GEAstro organizou um minicurso, a partir dos materiais disponibilizados na página oficial da OBA e o aplicou aos alunos interessados do Curso Técnico Integrado de Nível Médio em Agrimensura da UTFPR – Câmpus Pato Branco.

    Com um total de 15 inscritos, os encontros ocorreram nos dias 28 de abril e 05, 12 e 18 de maio, além de uma observação do céu noturno no dia 16 de maio de 2017. Com o interesse dos alunos, pôde-se trabalhar com facilidade os assuntos propostos pela Comissão Organizadora da OBA nos três primeiros encontros, além da realização de uma gincana, com premiação para os participantes.

    Confira as imagens do minicurso:

  • OBA

    Olimpíada Brasileira de Astronomia 2017

    No dia 19 de maio de 2017 o GEAstro aplicou, aos alunos do Ensino Médio Técnico Integrado em Agrimensura da UTFPR – Câmpus Pato Branco, a prova anual da Olimpíada Brasileira de Astronomia (OBA).

    A prova foi realizada no período da manhã, das 07h30m às 10h e alunos do primeiro ao quarto ano participaram.

    Além da prova, o grupo promoveu um minicurso preparatório conforme a própria cartilha da OBA. Confira na página!

  • Sem categoria

    Visita ao Polo Astronômico Casimiro Montenegro Filho

    No dia 29 de abril o grupo GEAstro esteve em Foz do Iguaçu – PR para uma visita técnica ao Polo Astronômico Casimiro Montenegro Filho que pertence ao Complexo Turístico da Usina Hidrelétrica de Itaipu e é um local onde o visitante pode contemplar as constelações e planetas. Instalado em Foz do Iguaçu, mais precisamente no Parque Tecnológico Itaipu (PTI), o Polo Astronômico anexa observatório e planetário e todo seu ambiente atende à varias formas de se estudar e observar o céu.

    No inicio da visita após apresentações, conhecemos o HELIÓGRAFO – Instrumento que registra a duração da insolação nas horas e nos décimos de horas;

    Dentro do estabelecimento observamos uma gama de atividades e exposições científicas que abrangem diversos temas como volumes, distâncias e densidades dos corpos celestes conhecidos;

    O Planetário (Figura 1) que está integrado ao observatório contempla um céu virtual que simula a visão de um observador em qualquer latitude do planeta no passado, presente ou futuro.

    Figura 1 – Imagem de apresentação de sessão do planetário

    Na cúpula do observatório, além de aprender sobre seu funcionamento, podemos observar o sol através do telescópio com filtro apropriado. Tendo um panorama do céu estrelado sob o ponto de vista de diversas culturas, aprendemos mais sobre observação a olho desarmado.

    Confira nossas imagens da visita: