• Notícias

    Feira de Profissões UTFPR – PB

    No período de 18 a 20 de abril a UTFPR Câmpus Pato Branco realizou a Feira de Profissões onde foram expostos 13 estandes dos cursos e demais atividades ofertadas pela instituição.

    O grupo GEAstro expôs algumas das atividades desenvolvidas, de pesquisa e extensão, onde os alunos de escolas acompanharam  trabalhos como escalas, volumes e distâncias de planetas, recepção de ondas eletromagnéticas com o Rádio Galena, foguetes didáticos  e utilização de softwares para simulação do céu na região de observação.

    Além da exposição do estande, o GEAstro realizou uma observação noturna no primeiro dia de feira onde os visitante tiveram a oportunidade de conferir de perto uma das principais atividades realizadas pelo grupo.

    Nos três dias de feira passaram pelo Câmpus 37 turmas de 29 escolas de Pato Branco e da região.

    A ocasião se mostra importante a quem ainda não se decidiu quanto a profissão ou carreira a seguir. As opções são inúmeras, porém a UTFPR estará de portas abertas para familiarizar o aluno visitante com a comunidade e a vida acadêmica e também, buscar orientar sobre a carreira profissional, os assuntos abordados em cada curso e o papel social de cada profissão. A feira de profissões será o momento para pensar no curso superior de forma diferente, afinal o futuro só é incerto se não for orientado”, externou o coordenador do evento, Wallace Orlandini Prado da Silva.

     

     

     

     

     

     

     

    Confira nossas imagens

     

     

     

  • Sem categoria

    Convite OBA !

     

    CONVITE

    O Grupo de Estudo, pesquisa, extensão e inovação em Astronomia (GEAstro), tem o prazer de convidar todos os alunos do Curso Técnico Integrado de Nível Médio em Agrimensura, para participar do minicurso preparatório para a Olimpíada Brasileira de Astronomia (OBA).

     Segue a tabela com o cronograma das atividades:         

    ATIVIDADES DATAS HORÁRIOS
    Instruções de observação ao céu noturno 28/04 13:30 – 15:30
    Escalas e eclipses 05/05 13:30 – 15:30
    Pontos cardeais, percurso Solar e Astronáutica 12/05 13:30 – 15:30
    Jogos com premiação 18/05 15:30 – 17:30
    Observação do céu noturno Em aberto 20:00 – 22:00

     

    PROVA: dia 19/05 às 13:30.

    As inscrições para a prova da OBA e/ou para o minicurso preparatório podem ser realizadas entre os dias 19/04 a 26/04, por meio de lista disponível no Departamento de Física (DAFIS) de forma GRATUITA.

    O aluno inscrito no minicurso DEVERÁ participar de todas as atividades contidas no cronograma.

    Dúvidas: entrar em contato no DAFIS com a professora Keli ou Tina.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  • Sem categoria

    Resultado da seleção para voluntário no edital EDITAL_PROPPG_062016PVICT

     

    O Grupo de Estudos, pesquisa, extensão e inovação em Astronomia ( GEAstro ) junto do Departamento de Física divulga resultado da seleção para voluntário no edital EDITAL_PROPPG_062016PVICT:

     

    1. Ricardo Pedro Ferreira
    2. Leonardo Zaboli Forte
    3. Bruna Andrade
    4. Cacio José Gazola

     

    Profª. Dra. Tina Andreolla
    Departamento de Física – UTFPR-PB
    (46) 3220-2602
  • Eventos,  Notícias,  Sem categoria

    Resultado Edital Concurso Logomarca e/ou Logotipo

    A Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) Campus – Pato Branco, por meio do Grupo de Estudos, pesquisa, extensão e inovação em Astronomia (GEAstro), torna público o resultado do Concurso para escolha de Logomarca e/ou Logotipo para o EPAST – Encontro Paranaense de Astronomia.

    A comissão organizadora informa que infelizmente nenhum dos inscritos foram selecionados como ganhadores do Concurso de Logomarca e/ou Logotipo para o EPAST – Encontro Paranaense de Astronomia.

    Segundo Edital item 5.a. :

    No caso de nenhuma proposta ser contemplada, a comissão julgadora do concurso se reserva o direito de definir o Logotipo/Logomarca a ser utilizado.

     

  • Eventos,  Notícias

    6º Seminário de Extensão e Inovação

    A Universidade Tecnológica Federal do Paraná de Francisco Beltrão sediou na quinta (24) e sexta-feira (25) o 6º Seminário de Extensão e Inovação (SEI). O evento tem por finalidade promover para alunos e servidores que desenvolvem atividades de extensão, a oportunidade de conhecerem, divulgarem e apresentarem seus trabalhos produzidos na Universidade.

    A programação se deu por conta de pôsteres e apresentações orais de trabalhos de extensão dos 13 campus da UTFPR. Também foram realizadas oficinas protagonizadas por atividades de extensão de alunos da Universidade, palestras e atividades culturais para encerramento do evento. Alunos bolsistas do grupo GEAstro contribuíram com o evento através da apresentação de pôsteres e participação das demais atividades proporcionada aos extensionistas.

    whatsapp-image-2016-11-28-at-09-20-17

    João Felipe Pompeo da Silva é do curso de Engenharia Química do câmpus Francisco Beltrão e desenvolve um projeto de extensão na área de webrádio. “É uma área diferente da qual eu curso e o projeto me proporcionou uma visão mais ampla sobre as coisas”, destacou. Sobre o SEI o aluno considera uma excelente oportunidade para troca de conhecimentos. “Há uma variedade de temas e pesquisas muito grande, além de que também podemos nos inserir no ambiente extensionista e de pesquisa apresentando nosso trabalho. Muitos como eu estão nesta condição pela primeira vez”, afirmou o universitário.

    – Fonte  http://www.utfpr.edu.br/franciscobeltrao/estrutura-universitaria/assessorias/ascom/noticias/acervo/6o-sei

     

  • Sem categoria

    Velocidade no espaço

    Ao contrário distâncias terrestres comumente observadas e percorridas pelos seres humanos no planeta Terra, as distâncias no espaço, seja entre planetas ou estrelas, são tão grandes que praticamente são imensuráveis na imaginação humana.

    Para quebrar a barreira da distância as novas tecnologias de sondas espaciais devem ser desenvolvidas no intuito de otimizar a velocidade desses objetos, ou seja, faze-los percorrer uma maior área em um tempo menor.

    As sondas mais velozes e que estão em viagem pelo espaço são as sondas Voyager 1, Voyager 2 e New Horizons possuindo suas velocidades máximas de 17 Km/s, 15 Km/s e 21 Km/s respectivamente. As três naves espaciais possuem algumas características em comum, sendo o fato de ambas terem a sua energia interna gerada por elementos radioativos através de pequenos reatores nucleares, além de que ambas utilizaram o auxílio gravitacional de Júpiter para aumenta as suas velocidades.

    Por mais que a sonda New Horizons se locomova a uma velocidade 10 vezes maior que a velocidade de uma bala, seja capaz de realizar uma viagem entre as cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro em um tempo de cerca de 20 segundos e seja capaz de realizar a viagem a Lua que a missão Apollo em 1969 demorou cerce de três dias em apenas 9 horas, ou seja, 8 vezes mais rápido. Não pode-se considerar a velocidade da sonda New Horizons como adequada para viagens interestelares, pois apesar de demorar apenas cerca de 9 anos e meio para chegar em Plutão, esta sonda demoraria cerca de 80000 anos para alcançar a estrela mais próxima à Terra, próxima Centauri, localizada a 4,2 anos-luz.

    Entretanto comparando com a velocidade dos primeiros objetos lançados ao espaço pelos seres humanos, pode-se dizer que a sonda New Horizons demonstra e enorme evolução tecnológica das sondas espaciais, conforme as pesquisas e os investimentos aumentem nesta área será cada vez mais alcançadas velocidades maiores e o sonho de uma viagem interestelar estará mais palpável.

     

    Referências

    http://www.showmetech.com.br/15-curiosidades-sobre-missao-new-horizons-plutao/

    https://pt.wikipedia.org/wiki/Programa_Voyager#cite_note-6

    https://pt.wikipedia.org/wiki/New_Horizons

  • Visitas

    Colégio Vicentino Nossa Senhora das Graças

    No dia 07 de novembro o Grupo de Estudos, pesquisa, extensão e inovação em Astronomia recebeu a visita do Colégio Vicentino Nossa Senhora das Graças, onde diversas atividades foram trabalhadas junto com os alunos.

    Dando início as atividades após a recepção, foi feita a observação de manchas solares com o auxílio de um telescópio eletrônico e lançamento de foguetes didáticos construídos à partir de materiais alternativos como garrafas pets.

    14955964_1170811806339342_5124365411017288819_n

    Já em sala de aula diversas atividades lúdicas foram realizadas: Nomenclatura, fases da Lua e volumes e distâncias dos planetas foram tema para o trabalho de oficinas e brincadeiras que ensinam de maneira prática e divertida conceitos de estudo da Astronomia.

    SONY DSC

    SONY DSC

    Finalizamos a visita de volta a pista de atletismo para um observação do céu noturno.

    Com o auxílio de telescópios e também a olho desarmado observamos e identificamos junto aos alunos planetas como Vénus, constelações como a de Escorpião, corpos como a Lua que é nosso satélite natural e satélites artificiais que cruzavam o céu eventualmente.

    Nós do grupo GEAstro agradecemos a companhia e esperamos novamente a visita do Colégio Vicentino Nossa Senhora das Graças para contribuirmos com o aprendizado em Astronáutica e Astronomia.

    [Best_Wordpress_Gallery id=”9″ gal_title=”Colégio Vicentino Nossa Senhora das Graças”]